Blog

Blog

15 Março

Como saber qual a hora de substituir as máquinas da minha empresa?

Você abre um arquivo e ele demora pra abrir. A impressora não funciona mais e sua equipe perde mais tempo ligando o computador do que trabalhando de fato. Esse cenário talvez seja a pista que você precisava para atualizar sua empresa e trocar seus computadores. Sobre esse assunto a gente poderia falar de processadores, HDs, memórias RAM, placas de vídeo, etc., mas não vamos falar sobre isso agora. Na nossa experiência, alguns fatores são mais importantes na hora de trocar os computadores de sua empresa do que meros aspectos técnicos.

1. O que você tem não serve mais?
É comum trocarmos equipamentos e peças quando elas começam a incomodar. Mas trocar de vez talvez não seja a melhor opção. O melhor caminho é começar por um inventário mapeando o que já está dentro de sua empresa, o que funciona e o que está obsoleto. Com essa visão geral, você vai identificar materiais que talvez fossem pro lixo e deve gerar uma economia considerável para seu orçamento.

2. Atenda às suas necessidades
O melhor computador é aquele que atende às suas necessidades. Parece óbvio, mas é muito comum que essa regra não seja seguida. Não adianta nada ter uma máquina com configurações avançadas, bastante potente e eficiente se seu uso será apenas para consulta de e-mails. Também não adianta manter uma máquina básica para trabalho com softwares pesados. Antes de começar a comprar coisas novas, defina exatamente quais as necessidades de cada departamento e considere trocar algumas peças ou computadores de lugar. Na hora de investir, sempre leve em consideração essa otimização de recursos.

3. Orçamento
Pensar no quanto você pode investir vai te ajudar a tomar decisões mais acertadas. Talvez o ideal seja adquirir um equipamento mais robusto para que ele dure mais anos, mas não adianta gastar todo o orçamento com um equipamento e outros departamentos ficarem sem recursos para sua atualização. Com um orçamento indefinido você deve gastar mais na hora de upgrade. Portanto essa fase de planejamento é fundamental e vai te ajudar a gerenciar o que você tem a mão. Mas tenha em mente que talvez suas necessidades exijam um orçamento mais generoso. Portanto tente ajustar ou suas necessidades ou seu orçamento de acordo com a realidade de sua empresa.

4. Estrutura
Se você estiver ampliando sua estrutura, ou dependendo da atualização que estiver implementando, é fundamental você checar se sua estrutura atende às necessidades. Além de energia elétrica, você também precisa de uma conexão de Internet adequada. Caso você tenha servidores, cheque se eles aguentam a quantidade de acessos que sua empresa terá dali pra frente. Você precisará de cabeamentos adequados e suficientes, uma conexão sem fio que suporte tantos dispositivos, além de espaço físico para acomodar novos equipamentos.

5. Segurança
Informações são, talvez, o elemento mais importante que uma empresa tem. A tecnologia ajuda em muito no gerenciamento dessas informações, mas por pequenas distrações essas informações podem ser roubadas ou até mesmo perdidas. Na hora de atualizar sua empresa, além dos computadores, pense também na segurança deles. Servidores de backup, firewalls e servidores proxy são alguns exemplos de soluções, mas é importante também educar sua equipe para manter boas práticas: evitar sites falsos, cuidar de senhas, entre outras.

Concluindo
Se você já tiver passado por todos os itens dessa lista com sucesso, agora é só ver que equipamento você precisa e efetuar a compra e a instalação. Lembre-se de que pular um ou outro item daqui porque “dá trabalho” ou não “tem tempo pra isso” pode levar a problemas posteriores que podem exigir ainda mais tempo, ou pior, investimentos que seriam desnecessários.

Comentários

Matérias Relacionadas

Qual processador preciso para um bom desempenho trabalhando?
10 Março

Qual processador preciso para um bom desempenho trabalhando?

O processador é o cérebro do seu notebook. Para ter desempenho nos processos, é preciso um...